Pedro Bandeira

Pedro Bandeira de Luna Filho nasceu em Santos, em 9 de março de 1942.

Ele escreveu livros para crianças: Mariana, A marca de uma lágrima, Prova de fogo, O fantástico mistério de Feiurinha, Agora estou sozinha..., O dinossauro que fazia au-au, O pequeno fantasma.

Ele ganhou o prêmio Jabuti na categoria literatura infantil em 1986.

Seu primeiro livro foi O dinossauro que fazia au-au.

Ele já foi professor e trabalhou em teatro como ator, diretor, cenógrafo e com teatro de bonecos.


153.jpg14132.jpgcartaz_amigos_livros_machado_de_assis.jpg

“Há o momento de chegada

E o instante de partida

Quanta vida já vivi

Quanto resta a ser vivida?


São dois espelhos quebrados

Dois vezes sete de má sorte

Já vivi quatorze anos

Quanto resta para a morte?


É fácil vê-la chegar

Em cada momento que passe

Pois se começa a morrer

No momento em que se nasce


Estou caminhando pra morte

Não decidi meu nascer

Da morte não sei o dia

Mas posso saber!”




Texto escrito por Amanda e Joaribia.
Turma 401 ano 2011.


Outros autores